(Os Textos Proféticos não são, por regra, lineares)
Textos Públicos
das
Profecias
do
Papa João XXIII
(datados de por volta de 1930)
(publicados em finais de 1974)
(comentadas em 2002)
Eles não compreendiam aquelas palavras.
Eram tão veladas que não conseguiam captar-lhes o sentido, mas receavam
interrogá-lo
(S. Lucas, 9, 45)

Igreja ­ 01
Pai hesitante1, após o Santo2 que se dirige já aos altares, o Pai da Mãe estende o braço e abrir-se-á ao
mundo. Para ele, a Mãe tornar-se-á grande, quando for pequena, sairá do lago aceitando uma curta
cadeia. Terá flores diante da sua cruz, uma sombra encarnada sobre os ombros curvos.
Os seus filhos chorarão, mas à sua direita ela terá duas mãos.
Firmes e cheias de coragem para falar, comandar, obedecer.
Santificada será a sua mão direita, dar-lhe-á tinta para condenar as ideias em marcha, lírios para pisar.
Mas a cadeia será maior e a luta maior, mas só de um lado.
Os filhos do Pai e da Mãe serão protegidos, mas sofrerão.
E luzes serão acesas na noite, no abraço da praça.
Os cavalos chegam, de lama.
Parados nas fontes.
1 Papa Pio XI.
2 Papa Pio X?

Igreja ­ 02
No meio das nuvens mais sombrias levantar-se-á a pomba eleita, o décimo segundo Pio, com perfil de
metal. Única paz na guerra, única oração entre os gritos dos lobos da cruz usurpada.
Sete vezes encontrará o visitante e verá o seu rosto antes da morte.
E sete vezes ele usará a coroa cor-de-rosa.
No sangue também os pobres serão Cristo e os estigmas verterão sangue por causa da dôr, sangue para o
sangue. A Mãe recolherá os rebanhos e não saberá defender os outros currais, fechados em recintos,
devorados pelos lobos da cruz usurpada.
Desconfiar e combater sempre quem utiliza a cruz e não é filho da Mãe e do Pai.
Lutar e esperar, porque sobre a falsa cruz3 o usurpador crucificar-se-á sozinho.
Só então haverá paz.
A Mãe terá dificuldade em conservar-se viva, mas vencerá as tentações, o orgulho da vitória terrena.
O Pai combaterá, e encarnada será a sua túnica branca, irmão entre os irmãos.
A Virgem Maria aparecerá humilde aos simples e estes não acreditarão nela.
No lugar dos templos haverá então tumulos.
Luz do Neiva do Oriente, mas a luz vem sempre do Ocidente. No meio da estátua.
3 A deturpação Nazi da Suástica.

Igreja ­ 03
O vigário4 será injustamente acusado, pela dignidade do seu silêncio, pelo incitamento à prudência que
salvou o mundo. Mas o mundo quis flores de carne, flores de coroas brilhantes,
não fez caso das flores do campo, discretas e puras.
Não olhará para elas, em todo o seu esplendor, senão no fim do fim.
O mal tinha três cabeças, a primeira caiu5.
Apareceu a segunda6 e o Pai atingiu-a com a palavra, mais forte que a espada.
A terceira7 estava no seio da Mãe desde sempre, inimiga da Mãe e do Pai.
As cartas de Barcelona falarão um dia de um silêncio carregado de acção e o décimo-segundo tornar-se-
á santo, e mais santo que ele jamais se verá.
Será o dia da morte do conde que foi rei em Barcelona.
Os lírios cairão, vermelhos de sangue. Mas os cravos não serão imaculados8.
Triste dia aquele em que o louco9 será santo. Erro nos séculos, segredo10.
O Pai da Mãe estará só, e terá espinhos.
O filho da terceira cabeça sairá de Roma no nevoeiro. Mas voltará para dividir.
Os verdadeiros santos são novos, nascem em Milão.
4 Papa Pio XII.
5 O Nazismo.
6 O Marxismo. O Materialismo e o Poder, temporal e económico, que modelou comunistas e capitalistas.
7 Opus-Dei, seita dentro da Igreja de Roma, com Poderes, Temporal e Financeiro, e considerada como a Mafia da
Igreja, por isso alcunhada de Octopus-Dei.
8 Os lírios cristãos e os cravos fariseus?.
9 Monsenhor Escrivá, fundador da Opus-Dei
10 Existe um paralelo espiritual, adaptado à época, entre a Santa Inquisição e a Opus-Dei. Como que nascidas do mesmo
vício, o Orgulho da (pseudo) superioridade moral, e encarnação uma da outra.

Igreja ­ 04
A pomba não chamará novos filhos e a Igreja perderá alguns, assim como filhas.
Os filhos de São José, o trabalhador, não poderão falar e não serão compreendidos.
É demasiado cedo, outros virão e deverão calar-se.
Quem acredita terá de se ir embora e o Pai da Mãe não saberá tudo.
Sobre cruzes e Igrejas falsas muitos falarão em nome de um poder mesquinho.
Cães correrão para Roma e a Mãe será ligada aos braços da cruz.
Quem não estiver armado deverá esconder-se e os falsos filhos apoderar-se-ão do rebanho.
Guerras ao longe, gritos de medo.
O medo será o álibi dos rebanhos e os rebanhos ficarão sendo cada vez mais rebanhos.
Não haverá sempre medo da guerra.
O mal encarnado será atingido de novo pela palavra do Pai.
A palavra será mais forte que as armas e aquele que se julga imortal morrerá.
O mal encarnado aturdirá as pessoas que têm sede e acreditam, pois são escravos do dono do deserto,
filho do mal.
Mas Roma eterna nunca terá cores.

Igreja ­ 05
Hoje morreu o santo.
Não conhecerá as honras dos altares,
porque é santo entre os santos aquele que trabalha com humildade,
que ora em silêncio.
Oh Assis querida!, que viste o seu passado,
e tu, Emília, que o acalentaste,
e tu, Israel, que lhe deste asilo.
Sete rosários esta noite.
O convento será destruido e haverá flores encarnadas sobre os túmulos descobertos.
A respeito dele o mundo calar-se-á para sempre.
A Mãe esquece o seu coração latino, o seu coração de Oriente.
E sangue nas prisões para os que crêem.
Mãe, porque te conservas em silêncio?

Igreja ­ 06
Depois tornar-se-á Pai o inesperado, filho dos campos e das águas11.
Eu não o vejo12.
Receio por sua causa, por sua época. Pela Mãe.
Caminhará entre pessoas divididas, prontas a pôr e a arrancar a túnica do redentor.
Gritará muito no seu coração, falará docemente. Acreditarão nele.
A luta será dura.
Entre os papéis do Pai morto encontrará o plano para reunir os pastores e falar ao rebanho.
Ousará o que jamais foi ousado. Errará, mas será um bem.
Desejará conhecer o mundo e dá-lo a conhecer aos simples através dos seus olhos.
Rebentará o escândalo, mas todos compreenderão.
As suas cartas ficarão.
Morrerá longe dos pastores, antes de os tornar a chamar.
Os seus papéis serão escondidos. Os seus papéis serão roubados.
Pouco se falará dele.
Mas no dia em que o Pai que vier depois dele, surgindo do nevoeiro, for atingido, também a sua voz
será ouvida entre os túmulos.
O Pai morto abrirá o sétimo sigilo13.
Para ele peço perdão.
11 Papa João XXIII.
12 Porque é ele mesmo, Angelo Rocalli, que seria chamado Papa `da bondade', o Reconciliador.
13 Referência a quê? À corrupção no Vaticano ou à parte essencial da 3ª profecia de Fátima, não revelada?

Igreja ­ 07
Oh atormentado, eleito entre os tormentos, Pai14 viúvo cujo segredo Maria conhece.
Calar-se-á por causa da fé.
Ainda pagas a dívida de Paris.
Não aceites a tentação do Panteão dos seus mortos e dos seus vivos.
Viajando conservar-te-ás a ti próprio no trono.
Já não poderás levantar-te, enfrentarás as pessoas.
Elas não te compreenderão e enfrentar-te-ão a ti.
E tu calar-te-ás.
Rebanhos inteiros serão queimados.
Cala-te se matarem os teus pastores.
Babilónia tem demasiadas línguas.
Quebraste a cadeia, tu o sabes. Sabê-lo-ás até à morte.
Línguas diferentes para o sacramento, línguas diferentes para a Palavra.
Hoje ela desapareceu. Retiraste o exorcismo ao sacramento15 e viste o rosto de Satanás.
Não basta falar.
Tu que vens do nevoeiro serás atingido.
Não soubeste escolher, avisar, ousar, orar.
Viste demasiadas coisas, não as quiseste contar.
A Igreja treme e as tuas cartas abalam-na inutilmente.
Os melhores filhos vão-se embora, tornando-se escravos do mal que chamam bem.
E os que se reúnem em volta de ti são esquecidos.
Terás um dia de paz. Um só.
Depois terás de render-te ao pacto.
As brumas.
14 Papa Paulo VI
15 Invocação a S. Miguel Arcanjo no final da missa?

Igreja - 08
Bendito, bendito, bendito16.
Serão os jovens a aclamar-te, novo Pai de uma Mãe que sorri.
Os filhos dos santos de Milão. Dezasseis te contarão.
Conservar-te-ão as mãos levantadas.
A Virgem Maria estará próxima. A Virgem Maria que foi sacrificada.
Nas suas palavras encontrarás o caminho, bendito, bendito, bendito.
Serás pai de todos.
Será difícil o início do caminho, caminhar em Roma em dias de sangue.
Aclarar as brumas e os seus sepulcros.
Dar nome sagrado às coisas sagradas, dar nome profano às coisas profanas.
Na tua casa receberás um santo descalço.
E deixarás à espera os poderosos de mãos desarmadas, rezando por ti.
O santo falará também por ti em cada região e do mundo brancas flores te envolverão.
A tua será uma viagem de coragem, o grande desafio ao mundo e ao imundo príncipe do mundo.
A quem te enviar soldados tu oporás legiões e nunca voltarás com a tua palavra atrás.
Tornar-te-ás descalço e caminharás com o santo descalço.
Quando divulgares a palavra de Maria Santíssima17, fechar-se-á a tua única ferida.
A Mãe da Igreja será Mãe do mundo.
Anjo serás chamado, bendito.
16 João Paulo II.
17 O terceiro segredo de Fátima (o mais extenso) que, completo, assusta os poderosos da Igreja de Roma (ao ponto de
ter sido falsamente revelado).

Igreja ­ 0918
Dois irmãos e nenhum será o verdadeiro Pai. A Mãe será viúva.
Os irmãos do Oriente e do Ocidente matar-se-ão e no ataque matarão os seus filhos.
Então descerá do monte o santo descalço e sacudirá o reino abençoado pela Virgem Santíssima19.
Escutai as suas palavras.
Maria Santíssima, filha e Mãe de Deus, dona do tempo futuro,
manda reunir os teus filhos que estão nos campos, para que abatam as duas Babilónias.
E a Mãe seja uma só, como tu és única.
A terra destruirá o cimento
e de terra será, Rainha, a tua nova Igreja.
E sobre a terra trigo, para a fome dos teus povos,
flor sobre o seu novo altar.
Amen.
18 A partir daqui perde-se a ordem das páginas...
19 Portugal?

Igreja ­ 10
Será grande e breve o teu reinado.
Pai, será breve, mas conduzir-te-á longe à terra distante onde nasceste e onde serás sepultado.
Em Roma não querão dar-te.
E haverá outro Pai, antes de seres sepultado, para rezar por ti, pelas feridas da Mãe.
Mikail e João descerão à terra.
As urnas abertas em lugares secretos sob o tesouro e descobrir-se-ão os passos do primeiro homem.
O grande irmão do Oriente fará tremer o mundo com a cruz virada sem lírios.
O novo Pai irá ao seu encontro, mas deixará a Mãe orfã.
Mas antes, com as sua palavras de verdadeira ciência, o segredo da arma que destrói as armas.
Tempos de paz, e sobre a pedra alto será o nome de Alberto.

Igreja ­ 11
A longa paz fará esquecer os antigos erros.
Fará esquecer o grande irmão crucificado de cabeça para baixo.
Haverá guerra na Mãe e os rebanhos dispersar-se-ão.
Então alguém gritará por sangue e será escutado.
Desgraça para aquele que tiver gritado, o primeiro sangue a correr será o dele.
Combaterão entre si a meia lua, a estrela e a cruz.
Alguém levantará a cruz preta.
Do vale do principe chegarão os cavaleiros cegos.
Atrás deles, os corvos da fome, da carestia, da peste.
Para onde haveis de fugir, agora que destruístes as igrejas e matastes o último Pai?
Esperai o sinal de João. O cordeiro está pronto.
Fazei sete vezes o sinal da cruz com mão cansada e esperai.
A luz ainda vem do Ocidente.

Igreja ­ 12
Antes da última luz, os pastores terão reconhecido o sinal.
E a Igreja terá muitos Pais, todos irmãos.
Da terra e das águas sairão catedrais e templos em honra de antigos santos e de santos novos, de nome
eterno. Mas já chegou a hora dos santos.
Todos falarão a mesma língua.
E falarão para orar à Virgem e ao Salvador.
O Reino de Deus chega à terra, ergue-se a sua cidade, mesmo para aqueles que não a quiseram.
O primeiro sol ilumina a balança do universo.
Abri o vosso coração ao lírio.
A voz será poderosa, anunciada por trombetas.
Luz do Ocidente20, última antes da luz eterna, desconhecida.
A verdade será mais simples do que tudo quanto se tenha visto ou escrito.
Será um bom juízo.
Pai Nosso que Estais no Céu.
Venha a nós o Teu Reino e seja feita a Tua Vontade no Céu e na terra.
Passaram vinte séculos21, acrescentando a idade do Salvador.
Amen.
20 A Luz do Espirito Santo, que precede a da Unidade?
21 Pela Era Cristã oficial ou pela, supostamente mais correcta, iniciada 4 anos antes?

Mundo ­ 01
Oh Itália!, que acreditaste na falsa liberdade de setenta e nunca conheceste a liberdade.
Tu criaste no teu seio os males do tempo, nascidos na cidade do primeiro édito.
Tiveste reis falsos, que não eram filhos de reis.
Tu não soubeste matá-los, enquanto eles te matavam.
Hoje o teu rei22, que não é filho de rei, é uma sombra da máscara que grita23.
Simulará a paz em Munique24, mas terá vertido sangue em Espanha25.
E o filho da Besta26 é irmão dele, pai e dono.
Os deuses pagãos pretos são exumados e as águias e os cantos da morte.
Nunca houve liberdade, não há liberdade.
Aquele que julga opor o falso saber à fé, o orgulho prematuro ao divino, não é livre.
Hoje os filhos desse orgulho estão fechados em fronteiras que tremem.
E todos são inimigos.
E tu, novo czar27, maldito pelo pequeno pai28, tu apertas a mão ao ditador negro.
Olha para o mar. Será encarnado de sangue.
22 Victor Manuel III.
23 Mussolini.
24 Monaco, na tradução portuguesa, mas que em italiano significa Munique (München).
25 Guerra civil espanhola.
26 Adolf Hitler.
27 Stalin.
28 Lenin.

Mundo ­ 02
Unidos no orgulho da vitória, da vingança, na rede da expansão, dividir-vos-eis e ruireis, na vossa
Sociedade das Nações.
Não é o privilégio que pode dar concórdia ao mundo, nem a invasão, nem a divisão do sangue e da fé.
Filhos do demónio de Lutero29.
Os estados do futuro estavam fora do vosso pensamento; ignoraste-os e pisaste-os.
Hoje escravos, amanhã donos luminosos.
Dantzig, ferida da Europa, flagelo do mundo.
Dividir o mundo significa dividir e ferir, matar.
Avança o filho da Besta, durante um ano incubado em segredo.
Sofrem os dóceis escravos, eternos filhos de Deus e da grande mui Santa Mãe, para além dos Montes
Urais. Milhões morrem em silêncio, pouco será revelado.
Os mortos não falam.
O novo czar30 mata os filhos do pequeno pai31.
Tem olhos de lobo.
Mas os lobos32 estão na fronteira.
Porque não fala o viajante aéreo de olhos de aço33?
Ele sabe porque lhe foi dito34.
Porque fogem em silêncio?
Na terra dos anjos35 há demasiado orgulho.
O mundo está certo de sorrir.
E os ricos brincam com os cachorros fingindo não saber que são os três lobos dos três erros36 do mundo.
29 Os E.U.A. e a Grã-Bretanha e/ou o materialismo economicista.
30 Stalin.
31 Lenin.
32 Nazis.
33 Lindbergh, o aviador que fez a 1ª travessia aérea sem escalas do Atlantico Norte.
34 Pelo pai, o senador Lindbergh, que denunciou o domínio dos Bancos na vida mundial.
35 Inglaterra.
36 O Orgulho, o Egoísmo e o Materialismo?

Mundo ­ 03
Grandes as raças.
Trazem-se falsas coroas em grandes terras, dão-se reis e chefes escravos a povos civilizados em nome
do nada produzido pelo mal.
Aquele que pode agir está parado37, esperando salvar-se ou ter a sua parte de benefício.
Nos laboratórios preparam-se armas desconhecidas de toda a gente.
A Itália é a forja delas38.
A Itália que põe em mármore falso o que não tem no coração.
Os seus homens são estátuas sem pensamento.
A guerra é desejada.
A guerra de todos, sem fronteiras.
O filho da Besta39 larga as feras.
E a Europa desmorona-se como uma estátua de lama.
O mar mata por baixo das águas. E o céu cospe fogo.
Inocentes são mortos dentro das suas casas.
E onde chegam botas e pregos, os filhos de Israel conhecem tormentos.
Currais para a sua dôr e morte subtil.
Os carrascos sabem. Mentirão em Nuremberga.
Procurai sempre os carrascos, mesmo quando os julgardes mortos.
Procurai-os por todo o lado onde vive o poder, juntamente com o terror.
Procurai-os nas casas de quem enriqueceu com a guerra.
Não por vingança, mas para evitar que eles e os seus filhos invadam de novo o mundo camuflando o
nome e o chefe.
Não se dirá nada da Itália, mas os seus homens são cúmplices.
O filho da Besta tem no coração a grande arma.
37 E.U.A.
38 Fermi poderá ser um exemplo ou terá sido o ínicio?
39 Hitler.

Mundo ­ 04
Aquele que caiu no céu de África, e cuja asa foi atingida, sabia e podia agir.
Por isso foi morto.
A sua mulher secreta sabe e conserva as cartas da traição.
Surgirão na altura da sua morte e então quem parece cordeiro revelar-se-há lobo.
Aquele que acendeu três lírios na noite santa salvou-se. Quem sabia?
O czar atraiçoou, julgou ter perdido.
Matou os seus homens antes que os pregos os tivessem pisado.
E cairão milhões deles por causa da sua cobardia.
Mas o seu corpo honrado será retirado do santuário40.
A terra dos anjos chora e o seu chefe41 vai atraiçoar.
Outras cartas se conhecerão um dia.
Quando for conhecido o segredo do amigo do filho da Besta que voou de noite sobre a terra dos anjos42.
A terra celeste está dividida, invadida.
Mas ali actua o maior de todos, um dia será chamado pai43 e dará amor ao seu grande povo.
Tem três inimigos. Abatê-los-á um a um.
O primeiro44 inimigo amarelo atingiu os filhos de Lutero, despidos45 na água46.
O segundo47 está na sua terra e tem amigos poderosos.
O terceiro48 é o novo czar que ordenou que o matassem.
40 O corpo embalsamado de Stalin foi retirado do seu mausoléu com a queda da URSS.
41 Churchill.
42 Rudolf Hess. Aprisionado sem contactos, até à sua morte quando se falava na sua libertação.
43 Mao-Tse-Tung... A história `oficial' ocidental pinta-nos um homem diferente!
44 Exército Japonês.
45 Indefesos. O ataque era conhecido mas interessava ao Governo dos EUA para chocar a população, único meio de
inverter a oposição geral à entrada na guerra.
46 Base naval de Perl-Harbour.
47 Tchang-Kai-Chek.
48 Stalin.

Mundo ­ 05
A Europa está em flor.
A França tem dois chefes, mas grande é aquele do deserto49.
Ele deve secreta gratidão ao general de Espanha.
Combate-se, mas das montanhas, encarnadas e brancas, descem flores.
Europa, estes são os teus melhores filhos, que um dia serão atraiçoados.
Porque os chefes que eles julgarão abater comandarão ainda, sempre os mesmos.
Abaterão os palhaços do dinheiro, não os patrões do dinheiro.
E deixar-se-ão seduzir pelo novo czar, que vence, apesar da traição, graças ao ardor da sua chama
encarnada.
Os filhos de Lutero na Europa. A guerra das armas, a guerra das paixões.
Os jovens das montanhas têm novas bandeiras, que os poderosos rasgarão com a mentira.
Atênção aos filhos de Lutero e aos filhos do novo czar.
Querem o mundo exangue para a última refeição.
França, levanta a cruz de Lorena. Europa, entoa os teus cantos, mais fortes que os sons dos canhões.
O filho da Besta escapou a três atentados. Não ao quarto.
Servem-lhe para matar quem ele mais odeia50. Mas para ele é o fim.
Encerrado na toca, junto à mulher do outro.
Sobre a sua morte um mistério.
Mas atenção aquele que saiu por último da toca.
Terá dificuldade em morrer51 e prepara para o mundo outras chagas.
Ele conhece o verdadeiro rosto da Besta.
49 De-Gaule.
50 Rommel. Amado pelos seus e respeitado pelos adversários.
51 Provavelmente Martin Bormann, secretário de Hitler. Ou Himmler como 2ª hipótese.

Mundo ­ 06
Tu, filho de Lutero52, não verás o fim da destruição.
O teu sucessor praticará mais crimes que do que tu, se for possível.
A grande arma53 explodirá no Oriente, deixando chagas eternas.
Esta marca vil na carne do mundo jamais será apagada.
A grande arma, inútil para a guerra, usada para o poder.
Para aterrorizar quem não se submete à nova escravidão.
Mas nenhuma arma faz parar quem tem fé.
E na terra celeste combate-se pela liberdade. O pequeno czar treme com a explosão.
Quer parar um povo em revolta, na terra celeste. Não conseguirá.
O traidor da terra dos anjos54 perdeu as cartas.
Elas serão encontradas um dia.
Ele matou para recuperá-las.
Na terra de Brama uma voz desarmada55.
É a consciência do mundo, que nunca há-de morrer, mesmo quando a sua carne estiver morta.
A máscara56 estará pendurada pelos pés na cidade do édito.
Ninguém saberá jamais como foi morta. A ordem veio de longe.
O rei que não foi filho de rei não voltará à Itália.
E também o homem que dizem ser seu filho será expulso.
Será dura a noite da desforra.
Oh Israel!, que voltas para a tua terra.
52 O então presidente dos EUA morreu antes do final da Guerra.
53 Bomba Atómica.
54 Churchill partilhava ideias que seriam denominadas de Nazis. A História é um Teatro.
55 Ghandi.
56 Mussolini, de novo.

Mundo ­ 07
Hoje a Virgem aparece.
Ninguém escuta a sua voz,
porque, como sempre, a doce
somente aparece aos humildes.
Os humildes podem escutar
e os humildes sabem compreender.
Só os humildes sabem encontrar
as palavras simples entre as flores,
para testemunhar com sinceridade.
Mãe Santíssima, imaculada,
que desces à terra entre as rosas
e falas para quem não quer ouvir-te.
Mãe Santíssima, de coração aberto,
não és uma estátua de carne
nem um sonho, nem um receio,
como se diz.
Tu és viva para quem é vivo
e falas ao mundo escolhendo os simples.
Mas tu sabes também perdoar.

Mundo ­ 08
Os povos jovens e pisados explodem. Luta-se e ganha-se.
No extremo Oriente lutar-se-á durante muito tempo e a paz estará distante.
Aos filhos de Joana57 sucederão os filhos de Lutero58, mas todos serão vencidos.
Na terra celeste59 só um vencedor60, com o pensamento, com a acção, com a palavra.
Com ele virá ao mundo uma nova ordem de coisas.
Os filhos de Lutero combatem no mundo.
Israel ressurge e triunfa. Mas o Islão não é menor e a meia Lua está dividida.
A cólera dos escravizadores desencadeia-se mais próxima61, porque a guerra distante está perdida.
As grandes armas estão em toda a parte no mundo e são as chaves do medo.
A Europa está dividida.
Um pequeno muro, uma grande vergonha.
O pequeno czar morre assassinado na sombra, na sua toca, mas os seus assassinos estavam em parte
mortos, os outros matar-se-ão entre eles.
Procurai nas águas do Neiva.
Ocidente62 escravizado, pisado, crânios em fila, povos escravos.
Vós sois cristãos perseguidos.
A Mãe do Silêncio não morre.
Aquele que perdeu a guerra hoje vencerá63.
Na terra de Joana atira-se sobre a cruz de Lorena.
Pouco distante, a segunda Elisabeth assiste à destruição do que construiu a primeira.
Hoje o mar é curto e a força está mais longe.
Agora, a guerra está no homem64.
Nuremberga, a injusta.
Os assassinos estão ausentes.
Alguns estão nos assentos dos juízes.
Esta sombra espalha-se ao longe.
57 Franceses.
58 Americanos (dos EUA).
59 China.
60 Mao-Tse-Tung.
61 Porta-Aviões, Submarinos, Agentes e Cooperantes.
62 Europa.
63 O espírito por detrás do Nazismo que poucos Nazis compreenderam. Aquele que se espalha pelo Mundo sob
multiplas máscaras, a da falsa democracia, a do poder do dinheiro e a dos grupos secretos de influência (em vez do bem
comum).
64 A luta da Propaganda, dividindo-os dentro de si mesmos.

Mundo ­ 09
Homens e tiros.
Na Europa, chefes de estado e adversários. Alguém cairá.
Sete viúvas estão prontas para no altar, esperam os esposos.
Ao sul de Lutero, agitações e armas e povos aos gritos.
O filho do Sol ir-se-á embora várias vezes.
Mas aqui Mammon comanda e não há Deus senão nas palavras.
Sorri no Oriente o homem sem cabelos, o camponês65.
Mas o seu sorriso é um esgar porque muitos sofrem e morrem por causa dele.
Abaterá o gigante66 mas ficará pequeno.
Uma família de ditadores67 tomará o poder na terra dos filhos de Lutero.
Verterá sangue.
Então Noé começará a construir a última Arca68.
Mas não conheçerá as águas, graças à palavra, não sabemos de quem, mas que faz tremer os poderosos,
quando desce do monte.
Cairá o presidente, cairá o irmão69. Entre eles o cadáver da estrela inocente70.
Existe quem saiba.
Perguntem à primeira viúva negra71 e ao homem72 que a conduzirá ao altar na ilha.
Os seus segredos estão nas armas, no crime.
E são segredos73 de quem não estava em Nuremberga.
Três atirarão sobre o presidente.
O terceiro74 estará entre os os três que atingirão o segundo.
Lutero75 morrerá e será um bem. Atrás dele a sombra daqueles que já matou76.
A sua voz mentia. O mundo não conhece flores77.
65 Kruchev.
66 Stalin.
67 Os Kennedy, que se tornaram vitimas de outros maiores que eles.
68 Crise de Cuba.
69 JFK e o seu irmão, seu braço direito. Provavelmente por começarem a ser incómodos pela sua autonomia frente ao
governo secreto dos EUA que os levou ao poder. Escaparam ao seu controle!
70 A amante de JFK, e depois amante do irmão deste. Mantinha um diário onde incluia as conversas havidas. Sabia
demais. O diário desapareceu, assim como amostras forenses necessárias para determinar a causa da sua morte.
71 Jaqueline Kennedy.
72 Onassis.
73 As famílias Kennedy e Bush, por exemplo, devem as suas fortunas participando no financiamento da criação do
partido Nazi e porterior apoio material durante a guerra. O financiamento vinha das 2 maiores fortunas do mundo:
Rockfeler, nos EUA e Rothschild no `Reino Unido' que também financiaram a USSR, mesmo durante a `guerra fria'. O
papel de Onassis é no momento uma incógnita.
74 O tiro fatal foi o terceiro tiro.
75 JFK.
76 JFK deu ordem de muitos assassinatos! Inclusivé de lideres estrangeiros.
77 Imagem pública vs. Personalidade real.

Mundo ­ 10
Os dois chefes vermelhos enfrentam-se, em nome da humanidade.
Está na terra celeste a voz daquele que ama o mundo e fala em favor dos fracos78.
O homem pequeno utiliza a força, mata a primavera79.
E continuarão a fazê-lo os que lhe sucederem.
Falar-se-á de falsa paz, mas as armas estarão sempre escondidas.
No céu voarão homens e os homens ficarão entusiasmados.
Deveriam tremer, porque é o mal que conquista o céu para atingir a terra.
Deus fugiu, dizem. Deus morreu.
Escondeu-se no coração dos jovens.
E voltará para vencer, quando as cidades e as terras se tiverem arruinado a si próprias, para tornar a dar
valor à vida.
Virá da terra para destruir o cimento.
Israel, que sofres e lutas tanto como os que te atacam e não sabem partilhar o teu sofrimento.
Vós sois irmãos. Alguém vos incita a lutar, ficando na sombra.
Aqui decide-se o destino do mundo.
E no palácio onde se abraçam os estados, está ainda vivo o fugitivo da toca80.
Do palácio deriva o ódio por Israel. Isso será um sinal de ruína.
Homem, que subiste à Lua, repara, agora tu a possuis, mas reflectida numa poça de lama aberta.
Choque entre as duas juventudes.
A silenciosa vencerá e o tempo trabalha para a fé.
Sobre o mundo que estremece, ventos quentes e frios, tempestades sociais.
Sangue ao sul de Lutero, sangue na terra católica usurpada, nos países vizinhos.
78 Mao Tse-Tung, de novo, ou um seu mentor ?!? .
79 De que conhecemos o resultado da "Primavera de Praga"
80 Martin Bormann agindo atravéz das influências de Kurt Waldheim, longos anos presidente da ONU ?

Mundo ­ 1181
Grande relâmpago no Oriente.
Não ouvireis o trovão, ele também será imprevisto.
Isso acontecerá quando no Oriente matarem um chefe e no Ocidente for morto um chefe.
Ao sul de Lutero.
Recusai os assassinos que se apresentarem. Recusai os que serão apresentados.
Os assassinos estão na Europa. Querem o Mediterrâneo.
Depois haverá o crime sem os assassinos.
O tempo criou uma mentalidade mórbida, à sombra da cruz vermelha e preta, desconhecida de todos,
filha dos fugitivos de Nuremberga.
Ela preparou o crime contra si própria82. Há quem renuncie à vida por amor ao mal83.
A Terra sublinhará o massacre84.
Um só morrerá por todos85, e será o melhor.
81 A partir desta perde-se a sequência das página, mantendo-se uma numeração para efeitos de referencia.
Poderão ser anteriores ou posteriores, a ordem das paginas passa a ser subjectiva.
82 (?) Ataque de 11/Setembro/2001. O controle remoto presente em todos os aviões comerciais de fabrico americano
não foi autorizado. Porque estava a ser usado para dirigir os aviões para o seu destino? De facto os aviões perderam o
sinal de identificação significando que estavam sob controle da 'back-door'. Isso explicaria o facto dos `piratas'
apresentados `oficialmente' terem sido acrescentados após a descolagem dos aviões... E também a recusa de seguir os
outros procedimentos normais como o envio de caças para verificar o que se passava (como no ano anterior com um
pequeno jacto de negócios que saiu de rota). A queda do WTC foi visivelmente uma demolição controlada, como todos
puderam ver... mas distraídos pelos comentários dos 'media' ... Confirmado pelos registos dos sismografos mais
próximos. O novíssimo Reichtag foi novamente incendiado... e de novo há falsos culpados... e os verdadeiros culpados
estão entre os acusadores.
83 (?) Possivel falha na tradução.
No original poderá ser: "Há quem recuse (despreze) a Vida por amor ao mal (poder)".
Então relacioanar-se-á com, de outras fontes, "O Mal a que chamam Bem":
Esta ultima é uma referência ao CONTROLO como forma de PODER para superação dos seus próprios medos.
84 Todo o planeta ficou chocado. O próprio Islão censurou o 'ataque' (que não foi) incluindo Bin Laden (antes de ser
usado como bode espiatório) que o denunciou como sendo contra a Lei expressa no Corão. Só depois apareceram as
inconsistencias incluindo apresentações de filmes de festejos do Ramadão apresentados como regozijo pelo 'ataque'.
A denuncia feita pelo jornalista da BBC que se lembrou das imagens. Etc...
85 Trata-se de "Mello Vieira de Brito" da ONU, enviado pela ONU em defesa do muito sacrificado povo Iraniano,
vítima de um embargo de proporções crueis (de mais de uma década). Provavelmente (certamente) um segmento da
Mossad (ou acima desta) estará por trás obedecendo àqueles que mantém a 'guerra entre irmãos' (Irsrael vs Palestina). A
sua morte foi o afastar de um incómodo presente e futuro (Nº 2 da ONU era apontado como o sucessor mais provável de
'Coffi Anan').
Comentários anteriores ao cumprimento da profecia:
(?) Talvez Bin Laden.
Usado como bode espiatório no processo de conversão do Islão à Nova Ordem Mundial... um idealista! Antes de ser
acusado apontou o 'ataque' como contrário às leis do Islão. Seguiram-se filmes forjados à semelhança da aparição
''virtual' do sr. Clinton num filme de Hollywood.
(?) Talvez outro homem controlado pela CIA: Saddam Hussein.
Se o sentido original fôr o de "menos mau" em vez de "melhor":

1 ­ Colocado no poder pela CIA, sendo um dos 6 individuos da sua confiança máxima, através de um
sangrento golpe de estado que tornou esta 2ª maior reserva do mundo... 'controlável'.

2 ­ Colocado à frente do partido Baa'th (liberal) que poderia tomar 'vida própria'.
O partido Baa'th pretendia Paz , Tolerância e Prosperidade ao seu povo tornou-se um incómodo para restantes
países pseudo-islamicos da área pela liberalização dos costumes em particular o dos direitos das mulheres.

3 ­ Usado para conter o Irão gerou grandes negócios e baixa do preço do petróleo.
Daí resultou o assassinato de Adelino Amaro da Costa e de Sá Carneiro, apenas atrazando o que seria
conhecido como "Escandalo Irão-Contras".

Não é tempo de reis, nunca o foi.
Desde a morte de Frederico86, cada rei foi um usurpador.
Que o rei87 se vá embora e fique o povo.
A Europa tem sede88, terá sangue nas ruas89.
Mas haverá também grandes procissões e a Virgem Bem-Aventurada descerá à terra.
Vós não a vereis na gruta, nas num coração que tornará a viver.
Das trevas há-de trazer a palavra que todos compreenderão.
É o tempo das cartas90.

4 ­ Traído quando decidido passar uma nova fase da NWO pela plutocracia dos EUA e UK.
Supõe-se ter recebido o OK à invasão (recuperação) do Kuwait (falso país roubado pelos Ingleses com a
colocação de um governo fantoche: Petróleo ­> BP-Petroleum).

5 ­ Depois Saddam foi `demonizado' apesar de não ser dos piores entre os 'aliados' dos EUA:
Citemos... Suharto(Indonésia) , F.Marcos (Filipinas), A.Pinochet (Chile)... e tantos outros.

6 ­ Imagem desgastada pelo embargo e culpado pelos resultados deste (Psi-Op)..

7 ­ Invasão total graças a não ter as armas de que era acusado pois naturalmente as usaria em sua defesa,
apenas os indícios de matéria-prima fornecida por firmas ocidentais!
86 Frederico, o grande ? (Só é Rei aquele que é eleito entre os humildes pois a verdadeira grandeza é humilde. Sem
humildade não se fala de grandeza mas de inchaço...)
87 De Inglaterra ... mas não limitado a ela... Nota explicativa: nos textos proféticos, frases refletem paralelos numa
afirmação só. São expressão de padrões: daí a procura destes na sua análise.
88 A desaculturação, desidentificação, dependência progridem para a Incerteza, Insegurança. Afinal os países foram
roubados aos seus povos ao se tornarem mercados... pois esses são controlados pelo dinheiro, não pelos povos. As crises
são necessárias para que se criem dívidas e a riqueza mude de mão e se transforme em dependencia.
O poder está escondido!
89 Até agora , e no caso da Península Ibérica, verifica-se um aceleramento na preparação da integração de Portugal na
União dos Países Hispânicos, dominados por Castela (indevidamente chamada de Espanha).
Eis os ultimos acontecimentos em sequência: * Invasão Económica. * Rotura Cultural. * Controle, ou descrédito, de
instituições. (Económicas, Políticas, Culturais, Noticiosas). * Apoio de Influências favorecendo pró-integracionistas (ex:
'Golpe da Casa do Sino' unindo interesses Castelhanos ao dos 2 Impérios económicos em conjunto com Anulação de
influências nacionalistas (ex: 'Caso Moderna' , o estranho 'Caso Carlos Cruz' com contornos de 'cortina de fumo' e de
operação PSI-OP desorientando a identidade nacional da população). Mais uma vez Castela aparece associada aos 2
Impérios antes de vir a ser, também, sua vítima... depois (só depois!) dos sacrifícios encenados.
!! ­ Apoio de Castela ao par USA-UK á invasão do Iraque. O lacaio de Castela recebe a decisão do uso da
Base das Lages enquanto o trio rápidamente 'acerta'as pontas' e comfirma compromissos assumidos. Porquê a atitude de
Castela? Por outras palavras: Que CONTRAPARTIDAS para quem controla Castela? Porquê o 'outro aliado', e anfitrião
(que não o foi) acata as decisões sobre o uso de casa alheia...
? - Uma grande cadeia televisiva pertence a um amigo do Rei de Espanha: Facilitação de abusos (discretos)
alheios a ambos e na sua ignorãncia. Já em 1975 foi fabricada a provocação para a invasão de Portugual pela União
Espanhola (Incendio da Embaixada de Espanha) mas sustida por aquele que tem Portugal no coração. Benção!
! - Hoje prossegue no Volte-Face ao o escandalo conhecido por 'Golpe da Casa do Sino', falhado. Prossegue
pela manipulação de quem ouve a quem não deve... e que simultaneamente deu a derradeira morte ao "Caso Camarate".
Vergonha!
! - Outra rede de multiplos canais é controlada por Castela apesar comprada pelos ex-TLP que os portugueses a
pagaram 2 vezes (e mais)a 1ª pela remodelação, a 2ª para pagar a compra do que era seu... mas isso é outro assunto, o
das burlas feitas atravéz dos que dirigem estado... contra a nação, com a justificação da CEE em cuja a integração ainda
ninguém votou. Mas vendo bem: não são os votos como os sabonetes?. Até o vinho da ilha do Pico é proibido se for
feito pelos métodos tradicionais, mas não o champanhe. As maçãs portuguesas são proibidas pelas dimensões (mas não
as cerejas) e, se vendidas aos Portugueses em vez de dadas aos porcos, os problemas e as multas são pesadas. Ironia: Os
Portugueses também são baixos como as maçãs...
90 As cartas perdidas por Churchill, revelando a sua cumplicidade antiga com a alma do Nazismo. E com o Avô de
Hitler, o verdadeiro, o Conde das £££ cujo filho excessivo para a Austria foi enviado. E na sua mansão protegida da lei
a mãe de Hister trabalhou... e emprenhou (documentado pelo estudo de um psiquiatra que refere casualmente a relação).
Dos 2 grandes Impérios Financeiros que controlam a vida mundial, o rival esteve por detrás do seu financiamento do
Nazismo, antes, durante e depois. (Rivalidade + Objectivos comuns = Alianças + Traições). (Ex: Origem da fortuna dos
Bush: o pai de G.Bush foi o intermediário, da parte Americana, colocado num banco holandês para o efeito. Consultar a
'Biografia Não Autorizada da família Bush' , amplamente documentada.)

Mundo ­ 12
Alexandria é a terra do Concílio do Mundo, e aqui se reúnem os que acreditam no Homem.
Cristo é Homem porque é Deus.
Preparem-se para a grande luta do espírito contra quem o nega.
Tu, Marcos, nada poderás de longe e não saberás dividir.
A tua faca é leve, mas demasiado afiada.
A Luz do 'Encontro da Paz' reflete-se, reconhece-a, parte-a.
Israel que encontras nesses dias uma nova terra em redor da cidade de telhados de ouro. Chegou a hora
de lavar o sangue dos teus filhos.
Israel, corre para a cidade e salva-a. Finalmente a estrela tem seis pontas.
O homem, sozinho nas margens do Neiva, fala ao mundo e mata-se.
Deus terá pena dele, que o criou para aquele momento.
Estas palavras serão recolhidas, serão um rosário.
E outros, perto do Neiva, matarão. Hoje, do rio finalmente intacto, sai o corpo nunca encontrado do
monge santo. E os seus filhos secretos, orando no sepulcro, contar-se-ão.
Olharão para a cidade de ouro e para o seu profeta morto no Neiva, a última palavra nos lábios será
escutada em toda a parte onde a bandeira é vermelha.

Mundo ­ 13
No Oriente azul, um novo sol;
na terra azul e antiga será descoberto o túmulo do primeiro imperador escolhido entre os humildes.
Cânticos entoar-se-ão, e pessoas em festa, festa de pobreza e alegria, caminharão em direcção às terras
escravizadas91, para libertá-las com amor.
Sobre o rio muitos morrerão, mas serão sentinelas eternas de um época próxima.
Homem de Boston, neto do poeta, graças a ti92 e ao teu sonho ridicularizado nestes anos, a arma terrível
será inofensiva. E a energia curará os males.
De noite o grande rapto.
Os dois homens que se julgam os donos do mundo serão levados ao tribunal na maior praça do mundo e
processados por aqueles que se revoltaram.
Os homens de ciência, condenados por eles à escravidão do poder, a pôr o seu talento ao serviço da
morte dos irmãos, serão os acusadores.
E depois será a vez dos perseguidos.
Dura será a condenação e o homem tornará a encontrar-se no abraço da ciência e da fé.
As actas dos processos serão o poema dos povos e as palavras serão doces para os humildes, terríveis
para os poderosos cheios de orgulho. Os exércitos enviados pararão nos limites da praça e os homens-
soldados abaixarão as armas.
As armas serão vencidas naquele dia. As da terra e as do céu.
91 Quais?
92 Dr. John Hagelin (?) is a world authority in the area of unified quantum field theories.
Ver http://www.hagelin.org/ e http://www.permanentpeace.org/ onde a sua tese é explicada, as experiências já feitas a
confirmam e é apresentada a avaliação destas por verificadores independentes.

Mundo ­ 14
Do sul, contra Lutero e os herdeiros de Nuremberga, aqueles que faltavam, aqueles que se sentavam no
trono dos juízes.
Aquela que foi colónia escrava do cobre e do sal impõe o seu comando popular. E um santo virá à
cidade branca, para falar alto, para dizer a verdade.
Atrás dele, de peito nú, os humildes, que levaram a justiça à terra de Lutero, ontem dilacerada.
As terras do Oeste, que se tinham revoltado, os seus homens, fechados no cimento entre palmeiras,
tinham combatido. Lutero tinha dois chefes inimigos e divididos. Do outro lado do pequeno rio, o poder
do povo e a ordem de ceder ao mundo marginalizado, que tem o poder da palavra, hoje que as armas
morreram.
Lutero conhecerá lutas e reconciliações, depois uma só palavra, a mais alta, aquela já pronunciada. E
sob a estátua da primeira santa93, será assinado o tratado do amor.
Sobre os lagos, aquele que odeia espera, quer matar e não ousa.
Só hoje acaba Nuremberga.
Mas cuidado com o rosto que sorri e vem do sul94, mais ao sul que todos.
O seu coração estava sempre no norte, ele voltou para recuperá-lo com os irmãos negros.
Existe ainda o medo, mas na concórdia, todos os homens a norte e sul de Lutero procurarão alguém. É o
dia em que uma mulher jurará sobre a Biblia renovada, será um dia de paz.
93 Santa Maria Cabrini ?
94 ...dos EUA.

Mundo ­ 15
Luz da luz e antiga chama, cada esperança chega à sua margem. Esedra amiga solta os teus cabelos,
alguém cai não o levantes. É de homem o rosto de mulher, e não existe unidade senão onde o gelo sobe
e desce.
Prometeu retituiu o fogo e o homem já não ousa desafiá-lo, envolvido por glaciares sempre mais altos.
E olha para o frio, enquanto o calor está no alto, mas não é sol, é Esperança. Alguém compreenderá,
mas levará tempo.
Virgem das neves e das estepes, em fuga de noite e com o novo filho, viste e esperaste, aquecendo-te
com lama.
Pequenos vermes da terra do sol, chumbo derretido sobre as pontes de Satanás.
Não há chumbo na rocha, nem ferro, nem mão capaz. A revolta é dos loucos, rebanho enlouquecido que
se insurge contra si próprio e procura no sol o cemitério dos padres.
Ali há ossos e um único rosto intacto, branco no sorrir.
A cabeça da ilha do Egeu95 hoje fala.
Eu digo os vossos nomes, assim não podereis esconder-vos quando fordes chamados.
Wang, Levi, Rustov, Sherman, Tour.
Leonardo será superior a vós, mestre e irmão, mestre e servo. Unidos, portanto, antes da passagem
negra.
Gog e Magog contestam o seu nome,
mas ambas conhecem a passagem,
hoje que o Calvário está virado de cabeça para baixo.
Mas a cruz não está preparada.
Eu chamei-vos, outros vos chamarão.
Sete vezes sete vezes sete vezes.
A primeira luz foi colocada na mão e a sétima também.
Das outras, vós conheceis a caverna vermelha.
Abri, abri, hoje, nada deve estar escondido.
A escuridão devorou a sua parte.
95 A cabeça de Orfeu, na ilha de Lesbos? O Oráculo?

Foste chamada mãe uma vez,
quando não o sabias, mãe do céu,
mãe de quem eras filha, humilde rainha.
Hoje não te chamam mãe os teus filhos,
porque são teus filhos e não sabem
apertaram cadeias sobre os olhos
e cortaram a língua por causa do sol demasiado.
Tens uma coroa de orações não pronunciadas,
apertas um rosário de votos secretos.
Se abrires as mãos feridas, oh!, como estão feridas,
antes do Gólgota, antes do Filho,
alguma coisa cai sempre e sempre sorri.
Recolhes invisível uma outra coroa,
aquela das orações dos humildes e dos mudos
para aqueles que não sabem orar.
Tu conheces a cadeia que une as pessoas.
Sabes quanto paga o pai pelo filho,
e quanto custa ser mãe renegada.
Se estes filhos disserem eu não tenho mãe, eu mãe não te reconheço,
alguém o disse antes deles, num tom diferente, sem te olhar.
Era o teu pai, era o teu filho, e não se falou de perdão entre vós.
Tu sabes portanto perdoar sem a palavra,
e a tua ferida já é tão grande que nada pode feri-la mais,
nada proveniente dos filhos.
Hoje os teus filhos são velhos e cansados,
e todos os velhos se julgam orfãos,
isto é apenas um sonho, humilde rainha,
e tu podes colorir os sonhos com flores.
Dá a cada filho uma flor seja qual for a enxerga
e deixa-a cair antes do despertar, peço-te.
E com os seus novos olhos sobre aquela flor igual,
os teus filhos de hoje ficarão consolados.
Eles cantarão, mãe, com a mesma voz.
Estas flores voltarão ao céu aquecidas,
e o teu céu resplandecerá de dia, de côr.
Paz na terra e os velhos serão jovens.
Os jovens nunca são orfãos, salvo na dor.
Hoje reza, humilde rainha, por aqueles que rezam por ti.

Mundo ­ 16
O homem da túnica amarela, de crânio calvo, pele negra, filho do Leopardo, semeará o terror,
arrastando na viagem do masssacre os povos da fome.
Acontecerá onde a África acaba, pois a maré subirá e não haverá brancos naquelas terras, a não ser os
renegados.
Um ídolo com sete vezes a altura do homem de túnica amarela será elevado.
Até ele chegarão as honras do mundo que tem medo.
Mas do Oriente, o raio em pleno dia quando o ídolo for abatido e os comedores de corações forem
dispersos96.
Quando o Islão fôr dividido e os filhos de Maomé lutarem contra os filhos de Fátima97, os mais secretos,
da Ásia em chamas, entre estes últimos, com um novo rosto, o homem da túnica amarela será
reconhecido.
Os filhos de Maomé vencerão, o nome de Fátima voltará a ser consagrado e o sangue do cruel inundará
o deserto.
Da pequena ilha do Mediterrâneo98 sairá o grito do novo cavaleiro.
Os navios de falsas bandeiras99 serão afundados.
O primeiro dia da Europa.
96 A seita dos "Leopardo" em Africa?
97 Na Asia há uma deturpação do culto a Fátima, filha do Profeta, pelo qual é prestado culto à deusa Kali.
98 Malta.
99 (?) ... CEE? ... NATO? ... ONU?

Mundo ­ 17
Abraão voltaste do monte e trouxeste ileso o teu filho.
A montanha da Itália já não quer o sangue dos teus bem-amados.
Esta é a terceira Itália.
Os documentos estão fora há muito tempo, a mulher morreu, os nomes foram indicados.
Duas Itálias tiveram de morrer para limpar o passado.
As cinzas não pareceram bastante importantes.
Todos confessaram, salvo quem se matou e quem foi morto.
Mas os assassinos foram apanhados um a um.
Abraão está nesta terra onde há muito tempo o sol escureceu,
o Pai da Mãe caminhou no sangue das ruas de Roma, no primeiro dia.
Hoje Roma já não tem este nome. É uma recordação.
Os seus palácios estão no Norte.
Aqui há ruinas, ruinas de homens e de coisas.
Abraão é filho e pai da Europa e os seus irmãos estão aqui.
Sete chefes mortos sobre sete colinas, antes da terceira Itália, rebelde, última rebelde à Europa, ligada
por Severo às bandeiras vermelhas.
O juramento secreto sobre o Janículo, a conspiração, depois o vento da liberdade.
Irmãos entre irmãos.
Alguém chora e reza na pequena casa de Loreto.
O mundo escuta-o todas as noites.

Mundo ­ 18
A mulher de Lutero será encontrada numa alvorada lívida aos pés do muro que divide Berlim.
Ninguém saberá como ali chegou, ninguém saberá como foi morta100.
Haverá sinais no seu corpo e quem tentar falar será morto com os mesmos sinais.
Quando o mundo reconhecer aquele rosto dir-se-á que a sua vida estava consagrada ao vício.
Ela tinha deixado o poder por amor de Cristo, pelos humildes. Pelo contrário, foi morta pelo vício.
Muitos países serão abalados101, povos revoltar-se-ão.
Só um conseguirá falar, momentos antes de morrer.
Dirá os nomes de quem matou, revelará os seus sinais secretos.
O mundo inteiro insurgir-se-á contra o jogo dos poderosos, a fraternidade secreta dos poderosos, que
preparava a escravatura dos povos102.
Os poucos chefes honestos saberão unir-se, os culpados serão vencidos.
Esta mulher que deixou o poder por causa de Cristo será santificada.
Para lhe construir um monumento103 o muro será destruído104, a Europa unida á Europa105.
Quanto sangue para fazer justiça. Mas só o sangue pode dessedentar as novas flores.
Paz a ti, Patrícia, filha de Deus.
100 História secreta por detrás do véu ou História 'alterada' de uma realidade que mudou?
101 Não parece haver, como noutros textos proféticos, uma sequência linear. Parecem referências soltas.
102 A conspiração por detrás da Comissão Trilateral com o propósito exterior da "Nova Ordem Mundial"
103 História secreta dos acontecimentos, ou alteração da sequência dos eventos? Ou ambos?
104 Queda do Muro de Berlim.
105 Fim das separação entre Europa de Leste e Europa Ocidental.

Mundo ­ 19
Eis o livro maldito106, escrito por quem se odiava a si próprio e à sua raça.
Eis o livro da mentira, do ódio, dos esgotos.
Devido às suas palavras muitos morrerão sem compreender, sem conhecer o seu verdadeiro autor107.
Porque ele morreu há muito tempo. E quem o encontrou esconde-se.
Eis o livro que invoca o ódio, que divide os homens.
Quanto mal causará, quantas dores provocará, quantas guerras.
Por causa deste livro fabricar-se-ão novas armas e muitos homens se fecharão dentro de si próprios.
"Eis a verdade", ela será proclamada nos parques, nas praças. "Esta é a única verdade".
Transformar-se-ão a terra e os seus amores.
Setenta anos108 triunfará este livro numa quarta parte do mundo, formará chefes, escravizará povos.
Os homens semearão ódio e carestia.
O orgulho, o sonho do orgulho, o novo paraíso. Inferno na terra.
Entre as guerras alguém falará de amor.
Mas mesmo vencido, falso, desmascarado, o livro terá sempre alguns adeptos, até ao fim dos tempos.
106 "O Capital" de Karl Marx, expoente do materialismo, e base das economias socialistas e das capitalistas.
107 A base d' O Capital´ não teria sido elaborada por Marx mas apenas publicada por ele.
108 A União Soviética durou 70 anos.

Mundo ­ 20
Em sete109, da Grécia, através do mundo, depois da visão.
Novas palavras conquistarão a terra.
Repetidas por Cristo.
Repetidas pelos seus novos filhos.
Será o momento do despertar e dos grandes cânticos.
Rolos de papel110 serão encontrados nos Açores e falarão de antigas civilizações que aos homens
ensinarão coisas antigas por eles desconhecidas. A morte será afastada e pequena será a dôr.
As coisas da terra, por intermédio dos rolos, falarão aos homens das coisas dos céus.
Sempre mais numerosos os sinais.
As luzes nos céus serão encarnadas, azuis, verdes, rápidas.
Aumentarão.
Alguém vem de longe, quer encontrar os homens da terra.
Já houve encontros111. Mas quem verdadeiramente viu calou-se112.
Se uma estrela se apaga, já está morta.
Mas a luz que se aproxima é alguém que morreu e que volta.
Nos papéis do subterrâneo de ferro de Wherner113, sempre secretos, a resposta às claras.
A época não é aquela que conhecemos.
Temos irmãos vivos, irmãos mortos.
Nós somos nós próprios, o tempo confunde-nos.
Bem-vindo Artur, rapaz do passado. Tu serás a prova.
Encontrarás o Pai da Mãe.
109 Será 2007(???), ou 2017(?!?), ou 2027(!?!).
110 A 2ª parte dos restos da Biblioteca de Alexandria, trazidas para Portugal da Etiopia (Reino de Prestes João), e que
nunca chegaram a Lisboa. Resta saber da 1ª parte, trazida pelos Templários de Jerusalém para Portugal, e de que só só
temos conhecimento pelo famosos `mapas de Piri-Reis': cópias obtidas pelo célebre almirante turco dos mapas secretos
em posse do piloto (Português) de Cristovão `Colombus'. Provavelmente este fidalgo Alentejano terá sido escolhido por
ser conhecido pela alcunha de `O Genovês' (pela sua visita em criança a essa cidade) que encobriria a sua verdadeira
identidade na sua missão de engano contra Castela. O Tratado de Tordesilhas foi o seu culminar. Salvaguardando-se
assim tanto o acesso à India como ao Brasil. Depois pôde-se fazer em segurança as descobertas `oficiais' (com cerca de,
supostamente, 50 anos de atrazo). Resta lamentar a brutalidade Castelhana e a sua sorte nos Andes: Genocidio e
destruição de duas Civilizações, posterior perda da independência de Portugal, hoje repetida, e ainda o posterior
genocídio das tribos do sul da América do Norte pelos colonos Anglo-Saxões.
111 Notar o plural.
112 Referência multipla englobando vários tipos de contactos e contactados. Das estrelas não vem só Luz. Consultar a
história da descoberta do transistor: as suas dificuldades de patente pela ausência de investigação prévia, recusa
posterior quando outro laboratório revela que o material havia sido fornecido pela USAF. Cruzar com o recente
testemunho do Coronel Corso, oficial responsável pela atribuição dos materiais encontrados meses antes no famoso caso
Roswell. Finalmente: Consultar os documentos da época conhecidos com a referência `Majestic 12'.
113 Wherner von Braun, cientista chefe da Nasa.

Mundo ­ 21
É tempo dos dois imperadores.
E a Mãe não tem Pai, porque muitos querem ser o Pai.
Dois serão apoiados pelos adversários.
Levantam-se os gritos e as barreiras da contestação, mas já a Besta sai das águas.
E a fome faz parar os exércitos.
Os homens vão morrendo e depois da fome, a peste.
Deus desencadeou a guerra da natureza para evitar a guerra dos homens.
O primeiro imperador morre de fome, fechado na torre do seu sonho.
O segundo imperador morre no deserto, atacado pelos animais da peste, desconhecidos.
A filha de Caim subiu ao norte para pregar.
Luxúria na nova Babilónia durante sete anos.
No sétimo ano cai o sétimo véu de Salomé,
mas já não existe imperador,
não existe quem saiba levantar a espada e cortar o pescoço de João.
O tempo está próximo.

Apendix
ALBERT114- Cada estrela vive com a sua própria luz, e no preto não basta o som do orgão, quando em
volta se morre. De ti dir-se-á paz, mas tu sabes que nunca terás paz no teu interior. Só tarde o mundo
conhecerá a dor que semeaste devido ao teu egoísmo.
WEINER ­ O ódio pela tua cidade é o ódio pelo mundo. Larga o terceiro livro, recolhe o pó, anda entre
as pessoas e encontra de novo aquele que em orações guiou os teus primeiros passos.
STOCKOLM ­ A segunda visão há muito tempo, o segundo incêndio. Este é o primeiro sinal.
CAINA115 - Tens demasiadas filhas e um só pai, não tens mãe, porque não sabes ser mãe. Será a tua
última filha que te matará e as outras renegar-te-ão quando compreenderem que são como tu.
ZELDA ­ Conserva querida a lembrança e as flores, mesmo mortas. Há um tempo para tudo, mesmo
para o amor morto pelos outros.
NEGH116 - Debaixo do teu leão já não há mármore, mas os santuários dos teus parentes exterminados.
Só tu morrerás odiado e amado, depois serás esquecido. É o teu prémio.
BABILÓNIA ­ Tens três vezes para surgir e ruir. É o teu destino, e não posso dizer-te nada, porque
não falo contigo.
ENIAH ­ A tua torre é única, fecha apenas um sonho. Tu próprio és um sonho.
114 Albert Einstein, que não correspondia ao mito que alimentou, e que o rodeia.
115 A Maçonaria institucionalizada, privada da sua essência, corrompida pelo poder e pelos ambiciosos.
116 Papa Paulo VI?

SIGMUND117 - Além da cidade e da tua mente, além da carne de onde vens, há suspiros leves que
afundarão em poucos decénios os teus gritos loucos.
SIEGFRIED ­ O canto, o canto, o canto. A última viagem no pântano de onde não se volta. Dona
Esmeralda virgem e rainha, sozinha. Troçarão dela.
ALCES118 - Não pares de colher flores brancas, os teus braços serão sempre mais largos e não te
cansará o peso, porque cada flor saberá amparar a outra. O mundo tem necessidade de tantas flores.
NEIVA119 - Setenta e sete anos. Desde o primeiro sangue gelado nas tuas águas ao último sangue,
aquele da liberdade. Dois nomes iguais, dois mortos. Depois o triunfo da vida.
CORINNE ­ Conserva o segredo mesmo que seja impossível esquecer. O que podes dizer pode vingar-
te, mas matar-te no mais profundo. Fecha os olhos no teu sorriso.
VERA ­ No meio dos bosques, esperas os homens da liberdade. Num sonho ser-lhes-á mostrado o
caminho branco. Procurar-te-ão e reconhecer-te-ão. E abençoarão o teu nome.
ROSE ­ A Virgem Santíssima aparece a todos, mas às vezes só a uma pessoa. Tantas vezes pediu para
falarem. A ti ordenou que te calasses. Aceita com alegria a sua vontade.
PARIS ­ Três tiros na noite. Três maldições. As águas, o fogo, a peste. No ferro voltarás a encontrar-te.
ROMA ­ Aceita as ruínas. Não estendas flores ou sedas para os pés nús de quem chega. Estes pés
amam a dor.
117 Sigmund Freud que, sem ciência nem alma, modelou a personalidade do sec XX.
118 Papa João Paulo II.
119 Rússia.

HENRY120 - A quarta espingarda, que tu armaste, atirará sobre ti. Escutaste Martin nas colinas,
associaste-te ao negro pacto. Nas colinas, alguém antes da tua morte raptará os teus netos.
FREDERIC ­ Bem-vindo ao reino da humildade, bem-vindo eleito entre os humildes. Escolhe
Agostinho, recusa Bento.
UK'UBUK ­ A pedra preta é aquela que procuravas, mas agora muda de côr. E o cinzento dourado se
seguirá. Os punhos altos, sobre o calvário. Há uma época para o teu povo. A tua.
HUGO ­ Pára antes do trono e não penses nele. Vira a tua mão para as folhas. Não devem ficar
brancas. A luz não ilumina sempre. Para alguns ela atordoa, depois mata. A tua luz seja o teu branco.
HARWEY ­ O que é vidro será fogo e nada poderás fazer. O último a chegar, o mais pequeno, o mais
tímido, será o mais perigoso. Tu não o reconhecerás.
DAVID121 - Abaixa a funda, levanta a cabeça. Há outros desertos para fazer florescer. O grande deserto
está dentro do homem.
SIMON ­ Que esta pequena chama não se transforme nunca em fogo.
WHANG ­ Serás imprevisto mas preparado. O mundo espera muito de ti, palavras claras, bandeiras
azuis, sorrisos de multidões, sorrisos de crianças. Tu vestirás os povos.
MARLE ­ Reconhecer-te-ás, quando te vires sobre a Besta triunfante. Então mudarás o nome da tua
mãe.
120 Kissinger? Martin será Luther King ? "O mundo não conhece flores" (ex: Kennedy).
121 Israel.

Oração
A oração, meu Deus, é tua,
porque é tua a voz dos povos
quando se tornam a encontrar na última vida
e te dão o último suspiro e os olhos.
Nada do que está escrito vale o que se diz,
se é recordado com amor e é transmitido
no suor da terra por vozes baixas,
oração da aurora, da tarde, da noite.
Quanto é solene a terra que semeaste,
como é solene a oração que voa
com as brumas ou os calores entre as pedras,
o olhar que de longe as segue.
A cada homem deste um filho,
a cada homem deste um pão
e a oração renova-se cada dia,
quando se partem o Filho e o Pão.
A oração, meu Deus, é tua,
porque a voz no mundo é só tua,
a do cordeiro, da árvore, do homem
de cada coisa marcada pela Tua mão.
Cada momento conserva a Tua lembrança,
porque nenhum passo foi dado em vão,
mesmo aquele do viajante que Te ignora
deixa uma semente da qual germinará a Tua glória.
Quem se cala orou ou orará
e para aquele que se calou Tu já oraste
no sétimo dia, de repouso para o universo.
Cada homem tem já a sua oração.
Ela é lagrimas, é riso, é grito, é ira,
a própria vida ora dos abismos
que povoaste de sonhos amorosos,
quando Te chamaste Deus de cada perdão.
A oração, meu Deus, é Tua.
Fim dos Textos Públicos

A Mesa dos Três Mestres122
...
...
.........
.........
.......
...
...
PARA AQUELE QUE NÃO SE DEVE NOMEAR
Paz.
Paz no triângulo, na pirâmide, nos três pontos que conhecemos, reconhecemos, revelámos.A paz dos
três mestres do passado, nas três cores sagradas.
Reconhecemo-nos no encarnado do sacrifício que cimenta o casamento do branco e do preto, que
ninguém poderá jamais separar, até ao fim dos tempos escondidos nos tempos. As asas do Pelicano123
estão abertas. O peito está rasgado pelos nossos mestres, para nós, os discipulos.
Para aqueles que chamaremos mestres.
Para os irmãos.
Hoje a rosa floresce sobre a cruz.
H.M.T.
Livres os irmãos, livres os mestres no plano que continua.
Livres na espada, na máscara, na mão.
Quando pediram para destruir, foi conservado.
Mas os descendentes da águia e da serpente, da flecha e da serpente, saberão reconhecer-se fora das
prisões. Hoje, eles saem e encontram-se na estrada com a carne viva dos mestres do passado.
E juntos são a luz.
O Templo foi destruído porque é imortal. Não tinha tecto, hoje não tem paredes.
É como a Mesa do Sol.
O Templo está em toda a parte e os nossos passos serão sempre mais leves.
Escolhei a hora e o nome. Escolhei o homem. E imponde pela força que possuís.
Vós conheceis o gesto e a palavra. Sede livres, como o foram os mestres.
Apenas com o silêncio construí a palavra. Procurai-a dentro de vós.
Seja ela sempre a mesma da Operação do Sol.
No grande Templo ressuscitado nasce o Templo no momento em que vos encontrareis.
E não quebreis nunca as cadeias. Nós testemunharemos isso.
H.M.T.
Trabalhai e enriquecereis.
122 Documento antigo apresentado em conjunto com as Profecias mas não directamente relacionado.
123 Animal mítico que alimentava as suas crias com carne do seu próprio peito. Por isso um dos símbolos do Cristo.
Associável também ao Espírito Santo..

Deixai profundas marcas no vosso caminho sempre do sul para o norte, como o vento quer.
Não voltai a trás.
Estas são as quatro partes do mundo.
A primeira luz.
A cadeia da luz.
A luz na mão.
A primeira luz que dareis.
Sede livres ao fazê-lo. Escutai o apelo dos que querem. Sede livres de escolher.
E lançai fogo aos vossos juramentos, pela vossa liberdade de existir.
H.M.T.
Procurai os túmulos.
Os vossos mestres não os tiveram, nós não os teremos, vós não os tereis.
Eles vivem. Procurai-os.
Para Aquele que não se deve nomear.
...
...
.........
.........
.......
...
...
124
Louis-Claude de Saint-Martin S. I. I. (......)
Le Comte de Saint-Germain R+C
Le Comte de Cagliostro G. C.
124 Assinaturas autografadas